Portal do Programa de Oncobiologia

Programa interinstitucional de ensino, pesquisa e extensão em biologia do câncer

OncoNews


2017

Prevenção do câncer e detecção precoce no Brasil do século 20
Estudar a história do câncer no Brasil é o objetivo do trabalho de doutorado de Luiz Alves Araújo Neto, da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz. Seu trabalho analisa os conceitos de detecção precoce e prevenção do câncer ao longo de todo o século 20.

Credenciados e recredenciados do Programa de Oncobiologia para o biênio 2017-2019
Sai a lista com o nome dos coordenadores dos grupos de pesquisa que foram credenciados e recredenciados para o biênio 2017-2019

Câncer no Ceará dos anos 40 a 60
Uma nova área da medicina não se cria naturalmente. Ela surge devido à ação de inúmeros indivíduos que possuem interesses diversos. Nem sempre, porém, o interesse principal é salvar a vida das pessoas.

Programa lança bolsa de Pós-Doc internacional
Neste ano, haverá uma novidade nas bolsas de Pós-Doutorado do Programa de Oncobiologia da UFRJ: uma delas será internacional e as inscrições começarão em março

Açúcares contra o câncer
Felipe Teixeira, estudante de doutorado do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, investiga a ação da Galectina-3 no câncer de mama e estuda alguns tipos de açúcar que podem inibir sua ação.


2016

Programa de Oncobiologia terá novos rumos internacionais
Em 2017 haverá novidades no Programa de Oncobiologia. O edital de auxílio à pesquisa obterá um acrescimento em seu valor.

Modificação genética de linfócitos T: nova terapia antitumoral
Uma nova terapia, que modifica geneticamente os linfócitos T, vem sendo desenvolvida com o objetivo de aumentar a eficácia da ação dessas células de defesa.

Credenciamento e Recredenciamento do Programa de Oncobiologia entre 2017 e 2019
Até o dia 11 de dezembro de 2016 estão abertas as inscrições para participar do Programa de Oncobiologia.

Advertências nas embalagens de alimentos ultraprocessados: uma necessidade?

Desde 2002, os fabricantes de cigarro brasileiros são obrigados a estampar nos maços de seus produtos imagens que alertam sobre os riscos e males do tabagismo. Agora a mesma estratégia começa a ser aplicada nos alimentos ultraprocessados, ricos em sódio, gordura trans e açúcar.

Mulheres que plantam tabaco estão mais expostas a doenças que plantadores do sexo masculino
Pesquisa descobriu que mulheres que trabalham em plantação de tabaco podem estar duas vezes mais sujeitas a doenças relacionadas com nicotina

X Simpósio de Oncobiologia é marcado por diálogos internacionais
O X Simpósio de Oncobiologia ocorreu nos dias 28, 29 e 30 de setembro, na UFRJ. Em 2016, o Simpósio chegou à sua décima edição e trouxe pesquisadores internacionais da Inglaterra, Portugal e Argentina para o encontro que contou também com convidados da USP.

Ponto-fraco de proteína-chave do câncer pode levar a novas terapias
Em artigo publicado nesta semana na revista Scienific Reports, do grupo Nature, pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Biologia Estrutural e Bioimagem demostram os locais específicos onde a proteína p53 possui pontos fracos (sujeitos ao ataque de moléculas de água e de interação com outras proteínas levando à agregação).

Trombose e câncer oculto: uma relação que precisa ser desvendada
Os casos de trombose em pacientes com câncer são mais comuns do que se imagina. Vanessa Sandim, pós-doutoranda agraciada com a bolsa da Pro-Onco Fundação do Câncer para o período 2016-2017, estuda o que pode desencadear esse processo. O trabalho atual da pesquisadora investiga possíveis proteínas que estejam regulando a agregação plaquetária em pacientes com câncer.

X Simpósio de Oncobiologia tem inscrições abertas e parceria internacional
Este ano, o Simpósio de Oncobiologia chega à sua décima edição. O evento será realizado nos dias 28 , 29 e 30 de setembro, no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ, no Auditório do Bloco N.

Ação anticâncer de compostos bioativos é tema de pesquisa
Christian Ferreira, pesquisador agraciado com a bolsa de Pós-Doutorado da Fundação do Câncer em 2016, dedica-se a investigar a ação anticâncer de alguns compostos. Seu projeto vai avaliar o efeito do resveratrol e da piperina em tumores mamários.

Clotrimazol: fármaco contra micoses tem efeito antitumoral
O clotrimazol é um medicamento bastante utilizado no controle de micoses de pele, pé e unha. Mauro Sola-Penna, pesquisador do Programa de Oncobiologia, estuda o efeito antitumoral desta substância no câncer de mama.

Estudo investiga efeito de substâncias naturais em células do câncer de língua
O ácido ursólico e o metil jasmonato, fitoquímicos encontrados na natureza, são temas de um estudo coordenado pelo Professor Franklin Rumjanek do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis da UFRJ e membro do Programa de Oncobiologia, com a participação do estudante de graduação de Ciências Biológicas - Modalidade Médica, Felipe Azevedo.

Quem veio primeiro?
Um estudo realizado no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ em 178 amostras de urina recebidas pelo Laboratório de Patologia Molecular identificou uma associação entre o vírus do gênero Polyomavirus (Grego: poly, muitos; oma, tumor) e neoplasias uroteliais (do trato urinário). Essa correlação foi observada em cerca de 80% das amostras diagnosticadas com neoplasias uroteliais.

Edital de pesquisa está aberto
As inscrições do edital de pesquisa de 2016 do Programa de Oncobiologia, do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis (IBqM) da UFRJ estarão abertas entre os dias 6 de junho e 6 de julho.

Exposição Saudável Mente estreia no Museu Ciência e Vida
Todo tumor é um câncer? Existe algum órgão do corpo humano que nunca desenvolve a doença? Essas são algumas perguntas respondidas na exposição “Saudável Mente”, que foi inaugurada no dia 28 de abril, no Museu Ciência e Vida, em Duque de Caxias (RJ).

Anemia de Fanconi e suscetibilidade ao câncer
Graça Justo, professora da Uerj e pesquisadora da relação entre a anemia de Fanconi e o câncer, concedeu uma entrevista para o OncoNews sobre este assunto.

Crise econômica afeta parceria entre UFRJ e Université de Bordeaux
Incentivar o intercâmbio científico e estimular a formação e o aperfeiçoamento de pós-graduandos e docentes é o objetivo do programa Capes/Cofecub que trouxe à UFRJ, no mês de março, o professor Rodrigue Rossignol, da Université de Bordeaux.

Quinze anos de Oncobiologia são tema do Relatório de 2015
O Relatório do Programa de Oncobiologia, referente às atividades do ano passado, já está disponível e marca os 15 anos de sua criação.

OncoNews chega à 300ª edição com muita história para contar
Hoje é uma data especial para o Programa de Oncobiologia. O OncoNews, boletim dedicado à divulgação de notícias e novidades científicas do Programa, chega à sua 300ª edição. Desde 2004, os jornalistas do Núcleo de Divulgação se dedicam com afinco à tarefa de manter todos os membros do Programa a par do que acontece nos laboratórios dos colegas. Assim, objetivamos aumentar a interação entre os cientistas, fomentar parcerias e divulgar as atividades do Programa para a sociedade. Confira uma retrospectiva especial do nosso boletim. Selecionamos alguns destaques de cada ano.

Relação entre mitocôndria e metástase é tema de pesquisa
Um artigo publicado em dezembro de 2015 por pesquisadores do Programa de Oncobiologia lança luz sobre um aspecto da metástase tumoral ainda pouco estudado. De acordo com o estudo, a progressão para metástase depende da função mitocondrial. A investigação foi feita utilizando células tumorais com diferentes graus de malignidade e o foco foi dado aos eventos metabólicos, em especial aqueles envolvendo a mitocôndria.

Lançamento de livro relaciona postos de gasolina a problemas de saúde e câncer
Postos de gasolina podem ser perigosos à saúde das pessoas? É o que responde o livro "The health and environmental threats related to gas stations (em português, Perigos à saúde e a ambientes relacionados a postos de gasolina)

Orçamento de 2016 é deliberado para Oncobiologia
A Fundação do Câncer deliberou o orçamento do Programa de Oncobiologia para o exercício do ano de 2016. Em 2015, foram concedidos 527 mil reais. O orçamento total para 2016 é de cerca de 530 mil reais.


2015

Grupo da UFRJ estuda a Biologia Estrutural com Ressonância Magnética para entender melhor o câncer
Fábio Ceneviva Lacerda Almeida é pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde 1997, e nos últimos anos coordena um grupo de Biologia Estrutural que utiliza a Ressonância Magnética Nuclear (RMN) para compreender a estrutura, dinâmica e interação de proteínas.

Estudo sobre resistência é premiado

A observação do comportamento metabólico de linhagens celulares de Leucemia Mieloide Crônica (LMC) sensíveis e resistentes a certas drogas foi um dos temas premiados durante a Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica (IC) da UFRJ, em 2015

Pesquisadora do Programa de Oncobiologia recebe prêmio da Bill & Melinda Gates Foundation
Juliana Maria Motta, pós-doutoranda do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, da UFRJ, recebeu em outubro o prêmio da The Bill & Melinda Gates Foundation na categoria Young Investigator (pesquisador jovem). O prêmio é oferecido a cientistas de destaque em todo o mundo, em especial nas áreas de tecnologia e saúde.

UFRJ prevê parceria com University of Nottingham na área de Oncobiologia
Encontro com professores de Nottingham destacou o intercâmbio de experiências das universidades

Câncer no museu: UFRJ prepara exposição sobre o tema para jovens
Falar sobre câncer quase nunca é tarefa fácil. Sensibilizar os jovens sobre a importância da prevenção da doença é uma missão mais complicada ainda. Este é o desafio da ExpoCâncer, uma exposição concebida pelo Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia em parceria com a Fundação do Câncer, que será inaugurada em 2016 no Museu Ciência e Vida, em Duque de Caxias (RJ).

Simpósio de Oncobiologia trouxe inspiração e conhecimento em sua nona edição
Entre os dias 28 e 30 de setembro, a UFRJ foi sede do IX Simpósio de Oncobiologia.Em 2015 o Programa de Oncobiologia completou 15 anos de criação.

Ainda dá tempo de participar do IX Simpósio de Oncobiologia!
A programação do IX Simpósio de Oncobiologia já está definida. O evento é um importante fórum de debate sobre os avanços científicos em biologia do câncer, e este ano trará mais uma vez para a UFRJ cientistas que estão na vanguarda desta área.

Falta de organização no sistema de saúde aumenta a incidência de câncer de colo de útero no Brasil
Este foi o alerta da doutora Liz Maria do INCA durante sua palestra no dia 26 de agosto no 53º Congresso Científico HUPE

Começam os preparativos para o IX Simpósio de Oncobiologia
O evento, que já conquistou seu lugar no calendário acadêmico como um importante fórum de debate sobre os avanços na pesquisa científica em Biologia do Câncer, será realizado nos dias 28, 29 e 30 de setembro, no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ, no Auditório da Faculdade de Farmácia.

Politica pública de alimentação saudável está cinquenta anos atrás quando comparada a do tabagismo
Artigo publicado na revista Lancet fala sobre a importância da alimentação saudável dentro de um sistema de prestação de contas

Pimenta na leucemia: estudo investiga efeito da piperina em células resistentes a quimioterápicos
A piperina é um composto encontrado na pimenta do reino, tempero comum na mesa de muitos brasileiros. O projeto coordenado pela professora Eliane Fialho dentro do Programa de Oncobiologia da UFRJ tem como objetivo investigar os possíveis efeitos desta substância na reversão da resistência a múltiplas drogas (MDR) em linhagens de células de leucemia.

Controle de câncer do colo de útero no Brasil: o que mudou nos últimos 60 anos
Para quem ainda não conhece, o trabalho das Pioneiras Sociais foi fundamental para a saúde pública no Brasil, especialmente a saúde da mulher.

Câncer colorretal é foco de pós-doutorado agraciado com bolsa em 2015
O pesquisador João Marcos Delou, do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ, foi contemplado com uma das bolsas de pós-doutorado da Fundação do Câncer para o ano de 2015. Seu projeto, intitulado “Bases moleculares da carcinogênese colorretal associada à inflamação”, visa compreender melhor a biologia dos cânceres de cólon e reto.

Plaquetas e progressão tumoral são temas de pós-doutorado selecionado para 2015
Os pesquisadores contemplados com as bolsas de Pós-Doutorado Pró-Onco Vivi Nabuco e Pró-Onco Fundação do Câncer de 2015 já foram selecionados. Ambos candidatos foram escolhidos por comissão Ad hoc que encaminhou os pré-selecionados para a avaliação final do coordenador do programa, professor Marcos Moraes, que concedeu bolsas aos projetos de Vanessa Sandim, do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, e de João Marcos Delou, do Instituto de Ciências Biomédicas, ambos da UFRJ.

Dia Mundial Contra o Tabaco: Brasil tem muito o que comemorar
As campanhas anticigarro no Brasil já surtiram inúmeros efeitos positivos. De acordo com dados do IBGE e do Ministério da Saúde, o número de fumantes caiu 20,5% no país nos últimos 5 anos.

Sai Relatório do Programa de Oncobiologia
Acaba de sair o Relatório 2014 do Programa de Oncobiologia. O ano de 2014 foi marcado por acontecimentos importantes no Programa.

Pesquisa investiga progressão de glioblastoma humano em camundongos
O glioblastoma (GBM) é um tumor cerebral extremamente agressivo. Um artigo recentemente publicado na revista BMC Cancer por um grupo de pesquisadores do Programa de Oncobiologia investiga a progressão do GBM humano no parênquima cerebral de camundongos.

Da bancada para o leito: UFRJ se junta à Marinha em estudo translacional
Após uma expedição à Antártica em parceria com a Marinha em busca de análogos da heparina diferentes para estudos laboratoriais, a equipe do professor Mauro Pavão, conduzida pela doutora Mariana Stelling, iniciou uma parceria com o Instituto de Pesquisa Biomédica da Marinha para realizar um estudo translacional sobre a utilização terapêutica no combate de células tumorais com análogos da heparina.

Pesquisa investiga metilação do DNA e câncer de colo uterino
O DNA de amostras de diferentes graus de lesão do colo uterino foi analisado pela pesquisadora Thaís Messias Mac-Cormick, da UFRJ, durante seu mestrado defendido em fevereiro de 2015. O objetivo deste trabalho foi a análise da metilação de genes supressores tumorais. A metilação é um mecanismo epigenético que acontece no DNA e faz com que alguns genes sejam silenciados.

Brasil produzirá equipamento de imagem in vivo
O Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem (CENABIO) da UFRJ disponibiliza para a comunidade a utilização do aparelho de processamento de imagem in vivo

Novo composto sintético contra câncer de mama
A molécula LQB-223 é uma das novidades para a melhoria da eficiência de tratamentos contra o câncer. A pesquisadora Raquel Maia, coordenadora do Laboratório de Hemato-Oncologia Celular e Molecular do Inca, dedica-se à investigação da atividade antitumoral deste composto em células de câncer de mama. Em entrevista ao OncoNews, a cientista explica como surgiu a ideia de estudar a LQB-223 e quais resultados já foram alcançados até o momento.

Glicobiologia é usada no estudo do câncer
Os pesquisadores do Laboratório de Glicobiologia da UFRJ, comandados pelos professores Lucia Mendonça Previato e José Osvaldo Previato, estão estudando formas de identificação do câncer por meio do estudo de açúcares.

Proteínas do veneno de serpente podem ser alternativas no tratamento do câncer
Os venenos de serpentes são constituídos de várias proteínas, e algumas delas geraram medicamentos usados no tratamento de doenças como trombose e hipertensão arterial. Alguns artigos já descreveram também a ação de proteínas deste veneno em alguns tipos de câncer, e um dos objetivos de um projeto coordenado pela pesquisadora e nova diretora do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, Lina Zingali, é entender melhor este processo.


2014

O papel do colesterol na migração celular
A migração de células tumorais é um dos temas mais intrigantes da oncologia. Afinal, a invasão de tecidos vizinhos ou distantes por células cancerosas leva, muitas vezes, o paciente à morte. Fabiana Séllos, doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Farmacologia e Química Medicinal (ICB/UFRJ), dedica-se ao estudo da relação entre microdomínios de membrana e migração de células tumorais. Especificamente, duas linhagens tumorais bastante agressivas, a A549 (tumor de pulmão) e a MDA-MB-231 (tumor de mama) são foco de suas pesquisas.

Estudo mostra relação entre cromatina e desenvolvimento do câncer de mama
Um paper recém-publicado pelo Journal of Cellular Biochemistry apresenta dados inéditos na área do câncer de mama. A pesquisa desenvolvida pelo cientista Gilson Santos Junior, que faz pós-doutorado no Centro Nacional de Ressonância Magnética Nuclear (CNRMN) da UFRJ, foi feita utilizando células provenientes de um mesmo paciente em diferentes estágios de progressão tumoral mamária. Este trabalho mostrou alterações epigenéticas importantes na cromatina, em cada um desses estágios. A cromatina é o complexo de DNA e proteínas que se encontra dentro do núcleo celular.

Pesquisador estuda efeito de fitoquímicos em células cancerígenas
Os fitoquímicos são substâncias produzidas e acumuladas nas plantas, famosas pelos benefícios que podem trazer à saúde. O interesse nesses compostos deriva do fato de que uma dieta rica em frutas, vegetais e legumes previne e ajuda a tratar diversas doenças, inclusive o câncer. Italo Mario Cesari, pesquisador venezuelano/italiano que trabalha atualmente na UFRJ, dedica-se ao estudo dos fitoquímicos com propriedade anticâncer.

Programa de Oncobiologia recebe pesquisadoras que estudam a flora nativa argentina
O trabalho de pesquisa realizado no laboratório da professora Vivian Rumjanek, envolvendo a resistência a múltiplas drogas (MDR) em células tumorais, chamou a atenção das pesquisadoras argentinas Belén Joray e Laura Gonzalez, da Universidade Católica de Córdoba.

VIII Simpósio de Oncobiologia: interação e novidades científicas
Entre os dias 29 de setembro e 1o de outubro, a UFRJ foi sede do VIII Simpósio de Oncobiologia. Assim como já ocorreu nos anos anteriores, boa parte dos participantes apresentaram trabalhos na forma de pôsteres (foram 187 inscritos e 107 trabalhos apresentados), e cinco trabalhos foram selecionados para apresentação oral. Pesquisadores, professores e estudantes enriqueceram o evento trazendo alguns dos principais avanços nas diversas áreas da Oncobiologia, dentro e fora da UFRJ.

Compostos mesoiônicos e câncer
A pesquisadora Aurea Echevarria, doutora em Química Orgânica pela Universidade de São Paulo e pós-doutora pelo Instituto de Química Médica de Madri, foi uma das coordenadoras credenciadas em 2014 no Programa de Oncobiologia.

VIII Simpósio de Oncobiologia - livro de resumos e horário das apresentações
Confira aqui os resumos de trabalhos que serão apresentados durante o VIII Simpósio de Oncobiologia e as datas de apresentação dos pôsters.

VIII Simpósio de Oncobiologia
MUDANÇA DE LOCAL: Em virtude do grande número de inscritos, o VIII Simpósio de Oncobiologia será realizado no Auditório Maria Thereza Loureiro Lima, no Prédio Levy Gomes Ferreira (novo prédio da Faculdade de Farmácia, ao lado do Banco do Brasil, no Centro de Ciências da Saúde).

Começam os preparativos para a oitava edição do Simpósio de Oncobiologia
O Simpósio de Oncobiologia, que chega à sua oitava edição em 2014, abre inscrições para a submissão de trabalhos até 5 de setembro. O evento, que já conquistou seu lugar no calendário acadêmico como um importante fórum de debate sobre os avanços na pesquisa científica em Biologia do Câncer, será realizado nos dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro, no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ, no Auditório do Bloco N, sala 102.

Glioblastoma: novas hipóteses e caminhos no estudo da doença
Para compreender melhor determinadas características dessa doença que podem, no futuro, aumentar a sobrevida dos pacientes, os grupos de Helena Borges e Flavia Lima elaboraram recentemente um artigo, ainda a ser publicado, sobre a relação entre a proteína p53 e o crescimento do glioblastoma. Em entrevista ao OncoNews, as pesquisadoras do Programa de Oncobiologia e Deborah Biasoli, primeira autora do artigo, explicam alguns aspectos deste estudo.

VIII Simpósio de Oncobiologia
O evento se realizará nos dias 29, 30 de setembro e 01 de outubro.
Em breve, as inscrições estarão abertas!!

Projeto de pesquisa sobre câncer de tireoide recebe bolsa do programa Ciência sem Fronteiras
Um projeto de pesquisa submetido pela Pós-Graduação em Endocrinologia, da Faculdade de Medicina da UFRJ, foi um dos escolhidos pelo programa Ciência sem Fronteiras para receber a bolsa Pesquisador Visitante Especial

Comportamento prionóide da proteína p53 mutada abre horizontes para o tratamento de câncer
Em entrevista ao OncoNews, Jerson Lima Silva discute a importância do estudo da atividade prionóide de mutações da proteína p53, presentes em grande parte dos tumores mais metastáticos e resistentes.

Resultado do Edital de Pesquisa
Saiu o resultado do edital de pesquisa do Programa de Oncobiologia. A comissão avaliadora aprovou quatro projetos na categoria jovens cientistas (até 10 anos de doutorado) e onze projetos na categoria de pesquisadores de maior tradição (acima de 10 anos de doutorado).

Relação entre álcool e câncer será tema de vídeo de animação
A nova aposta do Núcleo de Divulgação Científica do Programa de Oncobiologia já está definida e prestes a vir a público. Em fase final de produção, o vídeo de animação que pretende abordar o ainda pouco explorado relacionamento entre câncer, bebidas alcóolicas e influência da mídia tem previsão de lançamento para o próximo mês de julho.

Pesquisa busca compreender efeitos de quimioterápico em células de mucosa
O quimioterápico 5-fluorouracil (5-FU) está entre os medicamentos mais utilizados no tratamento de câncer de cólon humano, e em geral é muito eficiente no aumento na sobrevida dos pacientes e na erradicação da doença. Porém, um de seus principais efeitos colaterais é a inflamação das mucosas – por exemplo, da boca e esôfago – e alterações na motilidade gastrointestinal dos pacientes. As mucosites são relativamente frequentes em pacientes oncológicos e podem desencadear alterações psicossociais graves, como estresse e depressão.

Conheça os credenciados e recredenciados do Programa de Oncobiologia em 2014
O Programa de Oncobiologia da UFRJ acaba de finalizar o processo de avaliação dos grupos de pesquisa que solicitaram credenciamento e recredenciamento. São 12 novos grupos credenciados e 31 recredenciados.

Novos bolsistas de pós-doutorado são escolhidos
A seleção dos contemplados com as Bolsas de Pós-Doutorado Pró-Onco Vivi Nabuco e Pró-Onco Fundação do Câncer aconteceu no dia 1º de abril de 2014, quando cinco candidatos apresentaram seus projetos de pesquisa no Auditório Marcos Moraes.

Escolhas de Sofia
Os desafios éticos da pesquisa científica envolvendo humanos foram abordados pela professora Marisa Palacios na conferência de abertura do ano acadêmico de 2014 do Programa de Oncobiologia.

Câncer de estômago é tema de pesquisa no Programa de Onco
Maria da Gloria da Costa Carvalho, pesquisadora do Laboratório de Patologia Molecular do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) e membro do Programa de Oncobiologia, dedica-se ao estudo do câncer de estômago. Nesta entrevista, ela explica ao OncoNews um pouco do trabalho que desenvolve, bem como indica onde podem ser encontrados os principais resultados das pesquisas de seu grupo.

Credenciamento, recredenciamento e bolsas de Pós-Doc 2014
O Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis da UFRJ lança novo edital de credenciamento e recredenciamento dentro do âmbito do Programa Interinstitucional de Ensino, Pesquisa e Extensão em Biologia do Câncer (Programa de Oncobiologia). Este processo de credenciamento e recredenciamento tem validade por 2 anos, sendo necessário novo cadastramento após o fim desse período.

Ottilia Mitidieri é reconhecida como uma das Pioneiras da Ciência do Brasil
No dia 23 de janeiro, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou a terceira edição das Pioneiras da Ciência do Brasil. Dra. Ottilia Mitidieri, que atualmente trabalha como pesquisadora convidada do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis (IBqM) da UFRJ, é uma das cientistas reconhecidas.

Programa de Oncobiologia em rota de crescimento
Em 2013, o Programa de Oncobiologia destacou-se por manter a ampliar as colaborações entre pesquisadores de universidades e hospitais no Brasil e no exterior. Além disso, merece menção também o número relevante de artigos publicados no último ano.


2013

Mais recursos, mais integração - um 2014 diferente
“Mais integração entre os membros do Programa de Oncobiologia e a Fundação do Câncer. Apresentação dos resultados concretos da pesquisa em câncer apoiados pela Fundação do Câncer com comunicações explícitas em relatórios, artigos publicados e apresentações em congressos”. Estes são os desejos do coordenador do Programa de Oncobiologia e Presidente do Conselho de Curadores da Fundação do Câncer, Marcos Moraes, para 2014, anunciados em entrevista ao OncoNews.

Câncer de mama: artigo reúne novidades da literatura sobre o tema
Inúmeros estudos dedicam-se a entender o câncer de mama, objetivando melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Em artigo recentemente publicado na revista BioMed Research International, intitulado Heparan Sulfate and Heparanase as Modulators of Breast Cancer Progression, pesquisadores do Programa de Oncobiologia apresentam uma revisão das últimas descobertas que relacionam o heparan sulfato e a heparanase ao desenvolvimento e progressão do câncer de mama.

Novos avanços no estudo da molécula antitumoral LQB-118
A LQB-118 é uma substância com atividade antitumoral que, há alguns anos, foi sintetizada por cientistas da UFRJ. Um dos pesquisadores que se debruça no estudo dessa molécula é Eduardo Salustiano, agraciado em 2013 com a Bolsa Pro-Onco da Fundação do Câncer. Durante o doutorado, ele avaliou o efeito desse composto in vivo, e confirmou que essa substância de fato reduzia o crescimento tumoral em tumores sólidos como o melanoma, apresentando reduzido efeito colateral. Agora, no pós-doutorado, o pesquisador se propõe a responder uma série de novas perguntas.

Resveratrol pode ajudar proteína p53 a manter suas funções
A p53 é uma proteína conhecida como “guardiã do genoma”, porque age reparando danos no DNA. Por evitar que células defeituosas se multipliquem, ela é reconhecidamente um supressor tumoral. Danielly Ferraz, nutricionista e pós-doutoranda do Laboratório de Termodinâmica de Proteínas e Estruturas Virais, estuda as relações entre essa proteína e o resveratrol, principal composto bioativo encontrado no vinho tinto. A pesquisadora foi agraciada, em fevereiro de 2013, com a Bolsa Pro-Onco da Fundação do Câncer.

Riqueza científica marca VII Simpósio de Oncobiologia

Conferência de Zahir Kuhn
Nastaran Zahir Kuhn é do National Cancer Institute (NCI, dos Estados Unidos). Durante o VII Simpósio de Oncobiologia, falou sobre a convergência entre ciências físicas e oncologia.

Conferência de Owen McCarty
Owen McCarty é da Oregon Health & Science University (EUA) e sua palestra, durante o VII Simpósio, intitulou-se “The physical biology of circulating tumor cells”.

Imagens nos maços de cigarro - quanto mais aversivas, mais eficazes
A avaliação do impacto das 10 imagens de advertências contidas numa das faces dos maços de cigarro da terceira edição da campanha brasileira de controle do tabaco concluiu que quanto mais aversiva é a imagem, mais os indivíduos a acham eficaz para a prevenção como também para a cessação do tabagismo, disse a pesquisadora Eliane Volchan, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ e uma das autoras do trabalho recém publicado na revista Plos One.

Resistência a múltiplas drogas: um desafio no tratamento do câncer
Um estudo publicado em julho de 2013 na revista Molecular and Cellular Biochemistry, de autoria de pesquisadores do Laboratório de Imunologia Tumoral (IBqM-UFRJ), dedicou-se à investigação da linhagem tumoral FEPS. Trata-se de uma linhagem desenvolvida no próprio laboratório a partir de células de leucemia mieloide crônica humana, e que possui um alto nível de resistência a diferentes quimioterápicos.

VII edição do Simpósio de Oncobiologia
O VII Simpósio do Programa de Oncobiologia acontecerá nos dias 25, 26 e 27 de setembro de 2013, no Auditório Marcos Moraes, no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ. Nesta edição, serão mantidos os três dias de atividades, para maior troca e discussões entre os participantes.

Medicamento antifúngico pode colaborar no tratamento do câncer
O clotrimazol é um fármaco utilizado comumente contra micoses da pele. Atualmente, a pesquisadora Patrícia Zancan, do Programa de Oncobiologia da UFRJ, investiga a atividade antitumoral da classe de compostos químicos da qual esse medicamento faz parte, os imidazóis. Em experimentos com células mamárias, Zancan observou que o fármaco ajuda a diminuir o consumo e o metabolismo de glicose especialmente das linhagens tumorais metastáticas, o que é bastante promissor.

Inovações e perspectivas no tratamento do melanoma
Quais são os últimos avanços no tratamento do melanoma? Será que a cura, mesmo em estágios avançados, está mais próxima? Para esclarecer essas e outras questões, conversamos com o médico Antonio Carlos Buzaid, chefe-geral do Centro Oncológico Antonio Ermírio de Moraes (Beneficência Portuguesa de São Paulo).

Excelência no ensino da Oncologia
Luis Felipe Ribeiro Pinto é pesquisador do Programa de Oncobiologia e o responsável pela área de ensino do Instituto Nacional do Câncer (Inca), onde hoje estão matriculados mais de 1500 estudantes de pós-graduação strito sensu em Oncologia; e lato sensu com cursos de residência médica e residência multiprofissional, além de cursos de extensão como o de verão e o projeto Inca de Portas Abertas.

Marcos Moraes recebe dupla homenagem
Hoje, dia 17 de junho, o coordenador do Programa de Oncobiologia da UFRJ, Marcos Moraes, recebe o Prêmio Conrado Wessel de Medicina. A cerimônia de premiação acontece na Sala São Paulo, na capital paulista. Somado a isso, no dia 19 de junho, Marcos Moraes se tornará Cidadão Honorário do Rio de Janeiro.

Mestranda da UFRJ ganha Prêmio Aldo Coleoni
Uma pesquisa vinculada ao Programa de Oncobiologia foi agraciada com o Prêmio Aldo Coleoni Jovem Investigador Genzyme, durante o XV Latin American Thyroid Society, que aconteceu em março de 2013. O trabalho intitula-se "Potential anti-tumorigenic effects of AMP-Kinase (AMPK) on papillary thyroid tumor cells lineages" e foi elaborado pela mestranda Juliana Cazarin de Menezes, da UFRJ, sob orientação de Denise Pires de Carvalho e Bruno Moulin de Andrade.

Sai resultado do Edital 2013
O Programa de Oncobiologia acaba de liberar o resultado do Edital 2013. Cada um dos 15 projetos listados abaixo receberá, durante um ano, um auxílio de R$ 15 mil. O edital de pesquisa é financiado com recursos da Fundação do Câncer, que direcionou um total de R$ 225 mil para fomentar pesquisas do Programa neste ano.

Você já conhece o Acubens, o museu virtual do câncer?
Um portal em que é possível conhecer a história da pesquisa em câncer no Brasil e no mundo, assistir a vídeos de animação sobre o tema, ver dicas de prevenção e muito mais. Essa é a proposta do “Acubens, museu do câncer”. Lançado esta semana pelo Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia da UFRJ, o objetivo do projeto é chamar a atenção do público leigo, em especial crianças e adolescentes, para os problemas que essa doença pode causar.

Nanorradiofármacos são promessa para diagnóstico e tratamento do câncer
A nanociência e a nanotecnologia têm sido reconhecidas como áreas com potencial para propiciar grandes benefícios à sociedade, por exemplo no desenvolvimento de novos medicamentos, na despoluição da água e do ar e no aperfeiçoamento das tecnologias de comunicação e de informação, entre outros aspectos.

Obesidade: como a mídia ajuda a agravar o problema?
No dia 27 de março, a Uerj sediou a mesa redonda “Regulação da Publicidade de Alimentos: convergindo agendas de política, pesquisa e ação”. Os palestrantes foram Jason Halford e Emma Boyland, do Departamento de Ciências Psicológicas do Instituto de Psicologia, Saúde e Sociedade da Universidade de Liverpool, Reino Unido. Eles se dedicam a investigar os efeitos da publicidade de alimentos sobre o comportamento de compra e consumo de alimentos não saudáveis. Seus estudos têm motivado a formulação, no Reino Unido, de políticas de regulação da publicidade de alimentos, objetivando interferir positivamente na melhoria da alimentação de populações. O evento foi mediado pelo nutricionista Fabio Gomes, do Inca.

Laboratório da UFRJ busca sintetizar ciclopeptídeos-quinona
A busca por novos fármacos é uma constante na medicina, e na área oncológica não poderia ser diferente. O professor Alcides José Monteiro da Silva, do Programa de Oncobiologia da UFRJ, lidera uma dessas tentativas. Sua equipe trabalha com o objetivo de sintetizar ciclopeptídeos-quinona, substâncias totalmente novas.

O papel do p53 no câncer de mama
O p53 é um conhecido gene supressor de tumor, estudado por diversos grupos de pesquisa em todo o mundo. A todo momento, novas descobertas sobre essa proteína mostram que ainda há muito a ser desvendado. Na Uerj, a pesquisadora Claudia Gallo coordena um estudo que objetiva compreender melhor o papel da p53 no câncer de mama.

Lembrete: sai novo Edital de Pesquisa
O coordenador do Programa de Oncobiologia, Marcos Moraes, anunciou novo edital de pesquisa 2013 para aqueles afiliados ao Programa que NÃO foram contemplados no edital de 2012. Portanto, SÓ poderão concorrer neste edital pesquisadores que não têm recursos da Fundação do Câncer.

Pesquisa investiga mieloma múltiplo em busca de tratamentos mais eficazes
O Mieloma Múltiplo (MM) é a segunda neoplasia hematológica mais comum no mundo, com cerca de 20 mil novos casos por ano. O pesquisador Helio Dutra, do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ, coordena um projeto que visa compreender a imunobiologia da doença, para que se consiga tratar os pacientes de forma mais eficaz.

Marcos Moraes é Honoris Causa da UFRJ
A entrega de uma láurea não apenas contempla quem a recebe, mas acima de tudo a própria Universidade Federal do Rio de Janeiro", disse o paraninfo Professor Adalberto Vieyra, em seu discurso de homenagem ao presidente da Academia Nacional de Medicina, Marcos Fernando de Oliveira Moraes, durante a outorga do título de Doutor Honoris Causa da UFRJ, em cerimônia realizada no dia 17 de dezembro de 2012.


2012

Prêmio Faz Diferença 2012: Jerson Lima concorre nesta edição
O professor Jerson Lima Silva, membro do Programa de Oncobiologia da UFRJ, é um dos concorrentes ao Prêmio Faz Diferença, oferecido anualmente pelo jornal O Globo a personalidades de destaque em diversas áreas do conhecimento. Jerson é um dos maiores especialistas do Brasil no estudo de proteínas associadas a doenças neurodegenerativas e câncer.

Compostos retirados da Embaúba no tratamento do câncer
Há alguns anos, o grupo coordenado pela professora Cerli Rocha Gattass, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ, investiga o potencial anti-neoplásico de uma série de triterpenos isolados da raiz de uma árvore chama Embaúba, comum na Mata Atlântica.

Fundação do Câncer libera orçamento de 2013 para Oncobiologia
O coordenardo do Programa de Oncobiologia, Dr. Marcos Moraes, levará para deliberação da Fundação do Câncer, o novo orçamento do Programa para 2013. Para esse ano, serão concedidas mais 15 bolsas de auxílio à pesquisa, no valor de 15 mil reais cada.

Receptores quiméricos de antígeno no combate ao câncer
O grupo de pesquisa liderado pelo pesquisador Martín Bonamino, do Instituto Nacional do Câncer (Inca), busca formas de aprimorar a terapia imunológica da doença ao estimular o sistema imunológico do paciente a reconhecer o tumor, para que haja uma resposta mais eficaz no combate às células cancerígenas.

Estudo do Inca mostra risco das bombas
Uma pesquisa liderada por um grupo do Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) e filiado ao Programa de Oncobiologia da UFRJ mostra que trabalhadores de postos de gasolina, os frentistas, podem possuir alterações cromossômicas em número mais elevado por conta da exposição aos compostos voláteis presentes na gasolina como o benzeno, tolueno e xileno (BTX).

VI Simposio traz novidades científicas para o Programa de Onco
Entre os dias 26 e 28 de setembro de 2012, a UFRJ sediou o VI Simpósio de Oncobiologia. O evento contou com uma procura de cerca de 300 interessados, mas o comitê organizador teve que limitar a 200 inscrições em virtude do espaço limitado do auditório Marcos Moraes. Estudantes, pesquisadores e professores das mais diversas áreas da Oncobiologia trouxeram ao evento alguns aspectos dos principais avanços das pesquisas desenvolvidas dentro e fora da UFRJ.

Pesquisa visa aumentar eficiência do diagnóstico de leucemias infantis
As pesquisadoras Claudia Lage e Elaine Sobral, recém-credenciadas no Programa de Oncobiologia da UFRJ, coordenam o projeto “Pesquisa translacional em leucemias infantis: painel de avaliação de instabilidade genética na perspectiva do melhor diagnóstico em implantação no Instituto de Puericultura Martagão Gesteira/UFRJ”.

Nova plataforma de tratamento do câncer
Pela primeira vez no Brasil, uma nova plataforma de tratamento contra o câncer de mama começa a ser comparada aos tratamentos convencionais. O estudo iniciado pelo pesquisador Raul Maranhão, da Universidade de São Paulo, encontra-se em fase dois de estudos clínicos no Hospital Pérola Byington, de São Paulo, sob a direção do professor Roberto Hegg.

Pesquisa investiga papel dos micro-domínios de membrana na migração celular
Claudia Mermelstein, pesquisadora recém-credenciada no Programa de Oncobiologia da UFRJ, investiga o processo de adesão e migração de células normais e cancerosas. Ela já vem trabalhando há alguns anos com células normais, e agora começa a dar seus primeiros passos no estudo de células tumorais.

VI Simpósio de Oncobiologia
A edição 2012 do Simpósio de Oncobiologia se realizará entre os dias 26 e 28 de setembro de 2012, no auditório Prof. Marcos Moraes, no campus da UFRJ.

Resultado do Edital de Pesquisa
Saiu o resultado do edital de pesquisa do Programa de Oncobiologia. A comissão avaliadora aprovou três projetos na categoria jovens cientistas (até 10 anos de doutorado).

Um dia de homenagens ao cientista Ricardo Brentani
Em novembro de 2011, o Brasil perdeu Ricardo Brentani, um dos mais relevantes pesquisadores da área de oncologia no país. A Academia Nacional de Medicina (ANM) e o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no próximo dia 19 de julho, homenagearão este proeminente cientista em um evento que contará com a presença de acadêmicos especializados em câncer e familiares do pesquisador. Durante a cerimônia, o centro de pesquisas do Inca será oficialmente rebatizado com o nome do cientista. O evento é aberto ao público.

História da divulgação do câncer no Brasil e nos EUA
Um artigo publicado em abril pela Revista Brasileira de Cancerologia investiga reportagens sobre câncer publicadas nos jornais Correio da Manhã e The New York Times, nos anos 1931-1932 e 1948-1949

Sai lista de credenciados e recredenciados
O Programa de Oncobiologia da UFRJ acaba de finalizar o processo de avaliação dos grupos de pesquisa que solicitaram credenciamento e recredenciamento. Quarenta e três grupos participaram do processo, e quarenta e um foram aceitos. Os dois grupos não credenciados são de fora do estado do Rio de Janeiro, e por essa razão não puderam ser incluídos. Sete grupos foram aceitos como incubadoras, ou seja, estão associados a outros laboratórios. Nove são novos grupos de pesquisa e o restante, 25, são recredenciados.

Rede em câncer é destaque em Cuba
Apesar dos inúmeros problemas enfrentados pela população cubana, sabe-se que os pontos altos do regime implantado após a Revolução de 1959 estão nas áreas de educação e saúde pública. Maria Del Carmen Barroso Alvarez, pesquisadora especialista em câncer do Ministério de Saúde Pública daquele país, esteve no Brasil durante o Regional Workshop on Non-Communicable Diseases para explicar detalhes do funcionamento do sistema de saúde em seu país, com destaque para uma rede em oncologia.

Aliança das Américas contra o tabaco
Em maio se realizou no Rio de Janeiro o workshop regional “Non Communicable Disease”, cujo foco foram as doenças cardiovasculares e o câncer. Participaram do evento 12 diferentes Academias de Medicina de países do continente americano.

Sai a Lei José Alencar
No dia 03 de abril de 2012 foi instituído o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon) através da medida provisória número 563 que visa captar e canalizar recursos para a prevenção e o combate ao câncer. “Esta é a primeira lei que contempla a saúde através da renúncia fiscal”, afirma o coordenador do Programa de Oncobiologia e idealizador deste projeto, Marcos Moraes.

Comitiva brasileira visita universidades nos EUA
A professora do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ e afiliada ao Programa de Oncobiologia Lina Zingali, , integrou uma comitiva organizada pelo CNPq e pela Capes e que visitou universidades nos Estados Unidos para negociar vagas e melhorar a qualidade do intercâmbio de alunos brasileiros no país.

Interação entre pacientes com câncer e seus cuidadores
Pacientes terminais do Inca e seus respectivos cuidadores participam de um projeto da aluna de pós-doutorado do Programa de Oncobiologia da UFRJ, Ana Carolina Mendonça de Souza, desde julho de 2011.

Pesquisa busca formas de diminuir multirresistência dos gliomas às drogas
Um trabalho desenvolvido na UFRJ pela doutoranda portuguesa Ema Torrado investiga a proteína MRP1 (multidrug resistance-associated protein 1), uma das bombas de efluxo presentes na membrana das células e que são um dos principais mecanismos responsáveis pela resistência das células tumorais à quimioterapia.

Cursos e workshop em oncobiologia: novas ideias para o ano que se inicia
O ano de 2012 já começa com novidades no Programa de Oncobiologia. Os seminários quinzenais deverão substituídos por uma combinação de cursos + workshops, organizados em temas diversos.

Prêmio Globo Faz a Diferença
Neste fim de semana, o Jornal O Globo anunciou os vencedores do prêmio Globo Faz a Diferença 2011. Dois pesquisadores do Programa de Oncobiologia foram agraciados nesta versão!!! Denise Pires, na categoria saúde; e Stevens Rehen, na de ciência.

Ética nas colaborações internacionais em pesquisa: como lidar com o diferente?
Um artigo publicado recentemente por pesquisadores de dentro e fora da UFRJ lança luz sobre um tema muitas vezes pouco explorado na pesquisa brasileira: a ética nas colaborações internacionais. A produção de ciência pelos países emergentes, dentre eles o Brasil, vem crescendo de forma exponencial nas últimas décadas. Para manter a qualidade e buscar constantemente a inovação, a maioria dos centros de pesquisa brasileiros buscam cooperações internacionais, geralmente com países mais desenvolvidos. Porém, a convivência entre cientistas de diferentes origens culturais pode suscitar toda sorte de conflitos éticos.

Como fugir da "burocracia dependente"
Depois dos festejos de fim de ano, nada melhor do que “aterrisar” no mundo real e se debruçar sobre projetos para 2012. Em busca desse planejamento, o OncoNews foi ouvir o coordenador do Programa de Oncobiologia, Dr. Marcos Moraes e verificar quais são suas expectativas e ideias para este novo ano que se renova.


2011

Os nossos desejos para o próximo ano
Com a chegada de mais um ano, nós do Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia fomos ouvir, diretamente daqueles que fazem a diferença, o que desejam e esperam para 2012. Abaixo, os sonhos, sugestões e esperanças de alguns.
Nós, do Núcleo de Divulgação, que procuramos contribuir para a transmissão do conhecimento sobre a biologia do câncer, aproveitamos a oportunidade para desejar um ano novo repleto de boas notícias e, que possamos estar juntos para divulgar e comemorar ainda mais as conquistas na área.
Abraços,
Claudia, Marina, Priscila e Gabriel

Metabolismo diferenciado é alvo de estudo com células tumorais
O grupo de pesquisa coordenado pelo professor Franklin Rumjanek, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, estuda o metabolismo das células tumorais. “Um trabalho que estamos desenvolvendo agora, em colaboração com a Unifesp, consiste em utilizar células murinas com vários níveis de diferenciação - normal, transformada em laboratório e metastática de melanoma. Queremos saber como funciona o metabolismo nas várias etapas do processo de carcinogênese.

Câncer de pele é tema de vídeo lançado pela UFRJ
O vídeo de animação “Memórias de minhas pintas tristes” , que visa conscientizar o público sobre os perigos da exposição solar sem proteção, acaba de ser lançado no Youtube http://www.youtube.com/watch?v=dhOD1rPhGkY&feature=feedu.


Pesquisa investiga abordagem do câncer em jornais
Uma pesquisa desenvolvida pelo Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia da UFRJ investiga a maneira como grandes jornais brasileiros abordam a temática câncer em suas reportagens de capa. O objetivo é descobrir se existem padrões neste tipo de divulgação, e se a mídia impressa colabora para a perpetuação de estigmas negativos sobre a doença.

Pesquisadores holandeses desenvolvem vacina contra melanoma
Em 2011 é celebrado o ano da Holanda no Brasil. A data comemora os laços de amizade entre os dois povos, além do centenário da imigração holandesa em terras brasileiras. Para colaborar com a integração entre os dois países, o OncoNews entrevista a professora Jolanda de Vries, pesquisadora do Departamento de Imunologia Tumoral da Universidade Radboud, em Nijmegen, Holanda. O grupo de Jolanda pesquisa formas de tratar o melanoma através de terapias com células dendríticas (CD). Atualmente eles desenvolvem uma vacina que pode fazer o sistema imunológico humano reconhecer células tumorais e atacá-las.

V Simpósio de Oncobiologia: estímulo à interação entre pesquisadores
Entre os dias 29 e 30 de setembro, a UFRJ sediou o V Simpósio de Oncobiologia, organizado pelo Programa de Oncobiologia do Instituto de Bioquímica Médica. Diversos pesquisadores de dentro e fora do país apresentaram os resultados mais recentes de seus trabalhos, estimulando a interação e troca de ideias entre todos os presentes. Na mesa de abertura, o coordenador do Programa, Dr. Marcos Moraes, e os professores do Instituto de Bioquímica Médica, Vivian Rumjanek e Robson Monteiro, ressaltaram a trajetória do Programa nesses 11 anos e como esse evento científico tem atraído, a cada ano, mais participantes.

Novo kit diagnóstico de doenças intestinais recebe patente
Pesquisadores, do Programa de Pós-graduação em Ciências Morfológicas da UFRJ, depositaram um pedido de patente no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A invenção consiste em um kit diagnóstico que, através de imuno-histoquímica, auxilia no diagnóstico diferencial entre a doença de Crohn e a retocolite ulcerativa, dois dos principais tipos de doenças inflamatórias intestinais crônicas.

Promessa menos invasiva e mais precisa para detecção do câncer de mama
O grupo de pesquisa de Lea Mirian Barbosa da Fonseca, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ), desenvolve há muitos anos projetos em câncer de mama, com destaque para diagnóstico precoce e menos invasivo. Nesse campo, trabalham com timina (base nitrogenada do DNA) marcada com radioisótopo Tecnécio (99mTc), que tem grande tropismo pelas neoplasias malignas na mama. A ideia agora, segundo Lea, é utilizar este radiofármaco com um novo equipamento lançado no mercado e que representa um grande avanço no diagnóstico não-invasivo do câncer de mama: o Molecular Breast Imaging.

Uma pitada de tempero contra o câncer de mama
Grupo do Programa de Oncobiologia, coordenado pela pesquisadora Eliane Fialho, do Instituto de Nutrição Josué de Castro da UFRJ, mostra evidências do papel que algumas especiarias comuns na alimentação dos brasileiros desempenham contra o câncer de mama. A pesquisa, que se iniciou em março de 2011, está sendo desenvolvida pela doutoranda Renata Polinati e já apresenta resultados preliminares.

Estratégias contra o câncer de mama: Mapa de proteínas e veneno de serpente
Um trabalho coordenado pela professora Lina Zingali, do Instituto de Bioquímica Médica (IBqM) da UFRJ, busca na superfície das células tumorais proteínas que podem ser usadas como alvo contra o câncer de mama. A partir da linhagem celular HCC 1954, de tumor de mama, o projeto segue duas vertentes principais. O primeiro consiste no desenho do mapa geral das proteínas que compõem esta célula, principalmente daquelas situadas na membrana. A outra vertente busca verificar o efeito das desintegrinas – proteínas presentes em veneno de serpente - nesta linhagem de tumor de mama.

Terapia visa diminuir estresse dos pacientes com câncer e seus cuidadores
Quando um paciente é diagnosticado com câncer e inicia o tratamento, torna-se bastante dependente de sua família, que deve prover-lhe carinho e atenção de forma a minimizar o sofrimento causado pela doença. Porém, os acompanhantes dos pacientes também estão submetidos a altas doses de estresse, e muitas vezes não passam por nenhum acompanhamento médico e psicológico. Um projeto desenvolvido pela aluna de pós-doutorado do Programa de Oncobiologia da UFRJ, Ana Carolina Mendonça de Souza, visa diminuir o estresse da dupla cuidador-paciente, nos casos em que os pacientes se encontram em estágio avançado da doença, sem possibilidades de cura.

Como tornar a mamografia mais precisa?
A mamografia é hoje a opção mais eficiente para o diagnóstico de câncer de mama, desde que realizada com qualidade. Um trabalho coordenado pelo professor Carlos Eduardo Veloso de Almeida, do Laboratório de Ciências Radiológicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), estuda vários aspectos associados ao uso da mamografia no diagnóstico precoce de câncer de mama.

pesquisa sobre antifúngico contra o câncer ganha prêmio internacional
A doutoranda Mariah Celestino Marcondes, do laboratório de Oncobiologia Molecular da Faculdade de Farmácia da UFRJ, conquistou no último mês de junho um prêmio internacional, o IUBMB-Wiley best research communication award for the year 2010-11, concedido anualmente a doutorandos ou recém-doutores de todo o mundo. O trabalho de Mariah – orientado pela professora Patricia Zancan, do Programa de Oncobiologia - propõe que um remédio já utilizado atualmente como antifúngico (o clotrimazol) passe a ser empregado também em terapias antitumorais.

Pesquisa da UFRJ é destaque em Simpósio de Imunobiologia de Tumores
Um projeto do Programa de Oncobiologia da UFRJ destacou-se entre os três melhores do último Simpósio de Imunobiologia de Tumores, ocorrido entre os dias 20 e 22 de maio em Botucatu, no estado de São Paulo. Desenvolvido pela doutoranda Juliana Maria Motta, do Instituto de Bioquímica Médica/UFRJ, o projeto envolve o estudo de células dendríticas humanas e a relação entre o desenvolvimento e a função dessas células com produtos de tumores.

Estudo investiga como células tumorais da mama invadem medula óssea
O grupo da pesquisadora Maria Isabel Rossi (ICB/UFRJ) observou, por culturas de células em 3D, que o microambiente tumoral seleciona as células de tumor de mama que levarão à metástase e recidiva da doença.

Programa promove interações em Glioblastomas humanos
Sandra König, pesquisadora do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ, estabelece com seu grupo um modelo ortotópico de crescimento tumoral em camundongos imunocompetentes, visando entender melhor a contribuição das interações tumor-parênquima - em particular na indução do processo de invasão tumoral.

Pesquisa busca possíveis novos biomarcadores para tumores de rim
O câncer de rim é o terceiro mais frequente do aparelho genitourinário e representa aproximadamente 3% das doenças malignas do adulto, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia. Uma pesquisa da aluna de doutorado do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, Vanessa Sandim – sob orientação da professora Lina Zingali - visa identificar proteínas presentes na urina que possam servir como marcadores da doença.

Tintura de cabelo durante a gravidez pode representar maior risco de leucemia em crianças menores de 2 anos
Um trabalho desenvolvido pelo mestrando Arnaldo Couto, do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), relacionou o desenvolvimento de leucemias em menores de 2 anos a um hábito bastante comum entre as mulheres, o de colorir os cabelos durante a gravidez. Iniciado em 2009, sob orientação do Dr. Sérgio Koifman (FIOCRUZ) e da Drª. Maria do Socorro Pombo-de-Oliveira (INCA), a dissertação analisou 650 mães das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil.

Linfoma e leucemia linfoblástica T: estudo pioneiro com 90 pacientes
O linfoma linfoblástico T e a leucemia linfoblástica T são doenças raras e pouco estudadas, apesar de estudos sugerirem que ambas representem uma mesma doença. Uma pesquisa coordenada pela professora Claudete Klumb, do Instituto Nacional do Câncer (INCA), que conta com a participação da pós-graduanda Ingrid Arcuri, propôs-se a analisar um grupo de 90 pacientes portadores das doenças, tanto crianças quanto adultos. Entre os objetivos do trabalho está avaliar o impacto prognóstico de características demográficas, clínicas, fenotípicas e da resposta ao tratamento na sobrevida de pacientes com linfoma linfoblástico T.

Música pode ajudar no controle do câncer de mama
Um trabalho inovador coordenado pela pesquisadora Marcia Capella, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ) sugere que a música pode servir como grande aliada no tratamento do câncer de mama. O estudo, que teve início em maio de 2010, analisa os efeitos de ondas sonoras audíveis em células em cultura. Quando células MCF-7 (de câncer de mama humano) são expostas à 5ª Sinfonia de Beethoven e à composição Atmosphères, de Gyorgy Ligeti, tendem a diminuir de tamanho e morrer.

Análise das mutações do BRCA1 ajuda a detectar câncer de mama
O câncer de mama é um dos mais frequentes no mundo inteiro e, sem dúvida, bastante temido pelas mulheres, já que afeta diretamente a feminilidade e sexualidade. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o que mais causa mortes entre as mulheres brasileiras. Levando em consideração este problema, o grupo coordenado pelo professor Franklin Rumjanek, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, desenvolveu uma pesquisa que visa traçar um perfil genético da doença no Brasil, através da identificação de mutações específicas em determinado gene – o BRCA1 – como já é feito em algumas comunidades fechadas no mundo.

Pesquisa estuda matriz extracelular para controlar tumores no cérebro
A proteína da matriz extracelular, tenacina-C, que fica muito aumentada nos tumores cerebrais do tipo gliomas é o foco da pesquisa do grupo da pesquisadora Verônica Morandi, do Departamento de Biologia Celular da Uerj, em estreita colaboração com a equipe de Vivaldo Moura Neto, do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ, ambos pertencentes ao Programa de Oncobiologia.

Cientistas descobrem correlação entre aglomerados de proteínas e agressividade no câncer de mama
Pela primeira vez, pesquisadores do Programa de Oncobiologia e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Biologia Estrutural e Bioimagem (INBEB) evidenciam correlação entre agregados da proteína p53 e a agressividade de tumores de mama. A p53 é amplamente conhecida por ser importante no controle natural de nossas células contra o câncer. A equipe analisou 88 biopsias de pacientes com câncer de mama e identificou 17 mutações classificadas em diferentes graus de malignidade. Todas as amostras mais agressivas do câncer de mama formavam agregados. Os resultados deste estudo acabam de ser publicados na revista The International Journal of Biochemistry & Cell Biology.

Lei Rouanet, patentes e muito mais
Numa entrevista exclusiva, no fim de 2010, o OncoNews foi saber do coordenador do Programa de Oncobiologia, Dr. Marcos Moraes, as novidades sobre a proposta de criação de uma Lei Rouanet para o financiamento de instituições dedicadas ao tratamento do câncer, como facilitar o processo de depósitos de patentes e sua opinião sobre os 10 anos do Programa de Oncobiologia.


2010

Elevada poluição do ar na Avenida Brasil e Túnel Rebouças é tema de pesquisa
Pesquisadores do Laboratório de Mutagênese Ambiental da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com apoio da Faperj, constataram que a Avenida Brasil e o Túnel Rebouças – dois dos mais movimentados pontos da cidade – apresentam índices de poluição do ar acima do aceitável. Entre outros problemas, esta exposição ao ar poluído pode provocar a carcinogênese.

Câncer de pênis: ainda um tabu
Antonio Augusto Ornellas, urologista do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e membro do Programa de Oncobiologia, dedica-se há quase 30 anos ao estudo dos tumores de pênis. A doença, que afeta cerca de 100 mil homens por ano em todo o mundo, é causa de enorme desconforto e sofrimento para os pacientes, devido muitas vezes à falta de um diagnóstico precoce. Em entrevista ao boletim Onco News, Ornellas explica as causas do câncer de pênis e perspectivas de tratamento.

Proteínas negligenciadas são alvo de pesquisa em câncer
O grupo do professor Marcius da Silva Almeida, membro do Programa de Oncobiologia da UFRJ, propõe a caracterização funcional de diferentes proteínas que estão relacionadas a processos neoplásicos, a partir do estudo de suas estruturas tridimensionais. Um dos maiores diferenciais do seu projeto é justamente o foco: a grande preocupação com as chamadas proteínas negligenciadas, aquelas que quase não encontram espaço em artigos científicos.

Lançada animação antitabagista do Programa de Oncobiologia da UFRJ
O Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia, vinculado ao Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, lançou no IV Simpósio de Oncobiologia um vídeo de animação sobre prevenção ao tabagismo para jovens ouvintes e surdos. O “Jogo de uma morte anunciada” já está disponível no Youtube: http://www.youtube.com/oncobiologia.

Reconhecimento internacional
Denise Pires de Carvalho, pesquisadora e diretora do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ) e afiliada ao Programa de Oncobiologia, foi laureada no último mês de setembro com o prêmio máximo da Sociedade Latino-Americana de Tireóide. A cerimônia de premiação aconteceu durante o Congresso Internacional de Tireóide, em Paris, que contou com mais de três mil participantes de todos os continentes.

Pesquisa de bancada e clínica são atrações do IV Simpósio de Oncobiologia
Entre os dias 27 e 28 de setembro, a UFRJ sediou o IV Simpósio de Oncobiologia, do Programa de Oncobiologia, do Instituto de Bioquímica Médica/UFRJ. Os dois dias reuniram estudantes e pesquisadores de renome, e foram apresentadas as últimas pesquisas científicas de diversos institutos, dentro e fora do Brasil.

Premiação
O pesquisador Rafael Linden, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, foi agraciado com o prêmio Cesar Timo Iaria

Programa terá museu virtual
No dia 09 de setembro, a Faperj anunciou o resultado do último edital de Difusão e Popularização da Ciência. O Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia foi um dos agracidados.

IV Simpósio de Onco
Cerca de 130 profissionais se inscreveram para participar do Simpósio, destes 72 também apresentarão pôsters

Posse no Instituto de Nutrição
A pesquisadora Eliane Fialho de Oliveira, associada ao Programa de Oncobiologia, é a mais nova diretora do Instituto de Nutrição Josué de Castro (INJC) da UFRJ.

Programa abre inscrições para bolsas Pós-Doc
Inscrições até 15 de setembro de 2010.

IV Simpósio de Oncobiologia
Não se esqueçam. As inscrições de pôsters e participação no IV Simpósio de Oncobiologia se encerrarão no dia 13/09/2010.

Marcos Moraes defende "Lei Rouanet" para saúde
O coordenador do Programa de Oncobiologia, Dr. Marcos Moraes, aproveitou a ocasião em que recebeu o prêmio Octavio Frias de Oliveira, em São Paulo, para defender a criação de incentivos fiscais para o SUS (Sistema Único de Saúde) semelhantes aos que existem hoje para a cultura.

Pesquisador do Programa ganha TWAS
O pesquisador do Programa de Oncobiologia e do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, Robson Queiroz Monteiro, foi o vencedor do prêmio para jovens cientistas da Academia de Ciências do Terceiro Mundo (TWAS-ROLAC) na área de Ciências Biológicas.

Em debate: horário dos Journals de Onco
Em resposta a vários pedidos de mudança no horário dos Journals de Dados do Programa de Oncobiologia, que atualmente ocorrem às 16h, em quartas-feiras alternadas, o Núcleo de Ensino do Programa fez uma enquete sobre a possível troca com os pesquisadores e alunos associados. Porém, é preciso a colaboração de todos para encontrar a melhor solução possível.

Reconhecimento
Marcos Moraes ganha prêmio pela prevenção e combate ao câncer

IV Simpósio de Oncobiologia
Nos dias 27 e 28 de setembro de 2010 ocorrerá o IV Simpósio de Oncobiologia, no Auditório Marcos F. Moraes. As inscrições são grátis e abertas para membros e não membros do Programa. Este ano, o evento contará com Guido Lenz (UFRGS), Anamaria Camargo (Instituto Ludwig), Mari Sogayar (USP), Fernando Salvador Moreno (USP), Gilberto Schwartzman (UFRGS), entre outros.

Câncer é tema na Casa do Saber
Em setembro, o coordenador do Programa de Oncobiologia, Dr. Marcos Moraes oferecerá o curso “Como você pode se prevenir contra o câncer na modernidade”, aberto ao público geral. O objetivo do curso é discutir de forma simples e em linguagem compreensível o que é câncer, suas causas, fatores de risco, prevenção, diagnóstico precoce, tratamento em suas várias formas, métodos não convencionais e questionáveis de tratamento e cuidados paliativos. Grande ênfase será dada ao estilo de vida atual e aos métodos para prevenir o câncer e outras doenças.

Equipes do Programa negociam fármaco com laboratório internacional
Três equipes do Programa de Oncobiologia, coordenadas pelos pesquisadores Paulo Ribeiro Costa, do Núcleo de Pesquisa de Produtos Naturais da UFRJ, Raquel Maia, do Inca, e Vivian Rumjanek, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, se uniram na busca de um novo medicamento contra o câncer. Após ótimos resultados obtidos nos laboratórios, a substância sintética LQB-118 (uma pterocarpanoquinona), busca o registro de patente internacional e desperta o interesse do setor produtivo.

IBqM e Programa de Onco inauguram o Auditório Prof. Marcos F. Moraes
A inauguração do auditório Professor Marcos F. Moraes, no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFRJ, ocorreu na terça-feira (22/06). O espaço, financiado pela Fundação do Câncer, é destinado ao Programa de Oncobiologia, vinculado ao Instituto de Bioquímica Médica (IBqM).

Pesquisa do Programa recebe prêmio Pedro Kassab
O trabalho “Modulação da proteína supressora tumoral p53 por resveratrol: aspectos celulares e estruturais” rendeu o primeiro lugar à doutoranda Danielly Cristiny Ferraz da Costa, sob orientação dos professores Jerson Lima Silva (IBqM/UFRJ) e Eliane Fialho (INJC/UFRJ).

DNA danificado - Mecanismos de reparo em câncer e descontaminação de águas
O grupo coordenado pelo pesquisador Álvaro Leitão, no Programa de Oncobiologia, foca suas pesquisas no entendimento de como as células reparam os danos no DNA causados por diversos fatores. Desta forma, a equipe busca pela melhora no diagnóstico do câncer de bexiga (com marcadores das falhas no sistema de reparo). Porém, estudos do grupo também possibilitam aplicações mais diversas, como o aperfeiçoamento de técnicas simples de descontaminação da água.

Auditório - Inauguração solene
Após dois meses de obra, será inaugurado no próximo dia 22 de junho, terça-feira, às 11 horas, o auditório do Programa de Oncobiologia. Em uma homenagem ao coordenador do Programa, receberá o nome de auditório Professor Marcos F. Moraes.

Rede que se fortalece
A Faperj anunciou no dia 20 de maio o resultado do edital programa Pesquisa para o SUS: gestão compartilhada em saúde (PP-SUS). Foram aprovadas 31 propostas, entre as quais a do pesquisador Luis Felipe Ribeiro, do Instituto Nacional do Câncer e membro do Programa de Oncobiologia.

Pesquisa biomédica por imagens
A ciência médica no Rio de Janeiro acaba de ganhar novas ferramentas tecnológicas a seu favor. Foi inaugurado neste mês, na UFRJ, o novo Centro Nacional de Bioimagem (Cenabio), do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Biologia Estrutural e Bioimagem (Inbeb). O Centro reúne equipamentos de última geração que permitem o imageamento de pequenos animais por ressonância magnética, fluorescência e ultrassom – que possibilitam rastrear no organismo células e substâncias marcadas sem precisar sacrificar os animais.

Ferramenta computacional a serviço da oncologia
Um ambiente computacional para estudos de proteômica e câncer já está disponível em formato open access no endereço pcarvalho.com/patternlab.

Auditório
Em breve será inaugurado o auditório do Programa de Oncobiologia no campus da UFRJ. Aguardem programação!!!


Uerj sedia encontro de Oncobiologia
Nesta segunda-feira, dia 19/04/2010, a partir das 9:00 h, se realizará a primeira reunião do Programa de Oncobiologia em uma das instituições afiliadas. Na ocasião, serão apresentadas algumas das ações empreendidas pelo Programa e os grupos da Uerj faráo exposições sobre suas linhas de pesquisa. Veja a programação completa abaixo.
Este evento acontece no Pavilhão Haroldo Lisboa da Cunha, térrreo, Anfiteatro Prof. Dr. Günter Drexler, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Entre os cinco melhores
Nos próximos dias, o periódico Journal of Thrombosis and Haemostasis, cujo fator de impacto é 6.291, divulgará o resultado do Pier M. Mannucci Young Investigator Prize winners - um prêmio oferecido aos cinco melhores trabalhos de jovens pesquisadores até 35 anos publicados pela revista no ano anterior. Entre os vencedores, a pesquisadora brasileira Tatiana Lobo, doutoranda do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, que concorreu com mais de 150 artigos.

Evento reúne UFRJ, Inca e Uerj
Na abertura das atividades de 2010 do Programa de Oncobiologia, a pesquisadora Vivian Rumjanek, coordenadora do Núcleo de Ensino, fez um pequeno resumo das novidades previstas para este ano. Ela anunciou inicialmente para breve a inaugurado o Anfiteatro do Programa, localizado no subsolo do bloco L, do Centro de Ciências da Saúde.

Programa promove aula inaugural
O Módulo de Ensino do Programa de Oncobiologia convida todos os membros e os demais interessados para a sua Aula Inaugural, que dará abertura às atividades didáticas do Programa de Oncobiologia em 2010. O evento será no dia 12 de março de 2010, às 9:30h, no Anfiteatro Leopoldo de Meis do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ, com direto a café da manhã.

Pesquisadora do Programa é a nova diretora do IBCCF/UFRJ
Membro do Programa de Oncobiologia, Denise Pires de Carvalho acaba de ser eleita diretora do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. A cerimônia de posse ocorrerá no dia 2 de março, às 15h, no Anfiteatro G1-022 do próprio Instituto.

Vinho contra o câncer
Um grupo do Programa de Oncobiologia, coordenado pela nutricionista e pesquisadora do Instituto de Nutrição da UFRJ, Eliane Fialho, identificou os mecanismos de uma importante ação antitumoral da substância chamada resveratrol, presente em alimentos como uva de casca escura, vinho tinto, amendoim e algumas outras plantas.

Cursos de Oncobiologia têm grande procura
Em pouco mais de uma semana, o Núcleo de Ensino do Programa de Oncobiologia já recebeu 69 cadastros para as 78 vagas abertas dos cursos oferecidos pelo Programa. E o número aumenta a cada dia. Os alunos interessados em cursar algum dos módulos devem se apressar, pois alguns já se esgotaram.

Acido oleanólico: uma nova ferramenta contra o câncer de pulmão?
O grupo da pesquisadora Cerli Rocha Gattass, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho/UFRJ, mostrou que o ácido oleanólico, um triterpeno presente em várias espécies de plantas, mata células de câncer de pulmão in vitro e inibe o desenvolvimento de metástases pulmonares in vivo. O estudo aponta para o desenvolvimento de um novo fármaco de alto potencial para o tratamento do câncer de pulmão.

Uma breve radiografia do Programa
Em 2000, o Programa de Oncobiologia foi criado com apenas 13 pesquisadores que resolveram, num encontro na Academia Brasileira de Ciências, se reunir em torno da temática biologia do câncer, independente da instituição a qual pertenciam. Passados nove anos, hoje o Programa congrega cerca de 300 pesquisadores, médicos, jornalistas, nutricionistas de instituições como o Inca, a UFRJ, Fiocruz, Uerj, UFF e Cefet.
Com a chegada de mais um ano, o OncoNews foi entrevistar o coordenador do Programa, Dr. Marcos Moraes, com o intuito de fazer um balanço sobre as atividades empreendidas no ano que passou e quais são as metas para 2010.


2009

Saiu resultado do edital de pesquisa
No dia 16/12, a comissão ad-hoc divulgou o resultado da seleção do edital FAF/Onco III. Os novos convênios serão assinados entre os pesquisadores agraciados e a Fundação do Câncer pelo período de dois anos.

DNA circulante de vírus: alternativa no diagnóstico de linfomas
A identificação de pequenos fragmentos de DNA do vírus Epstein-Barr circulante no sangue podem ser utilizados para ajudar no diagnóstico de pacientes com um tipo de linfoma (um câncer das células de defesa do organismo) e a monitorar sua resposta ao tratamento. Este DNA pode ser quantificado e o número de cópias encontrado pode revelar detalhes sobre o curso da doença. Isso é o que sugerem os resultados da dissertação de mestrado defendida no mês passado pelo biólogo Alex Machado, no Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ.

Fraude na ciência
A semana que passou foi polêmica no meio acadêmico. Os principais jornais do eixo Rio-São Paulo e outros repercutiram a notícia, que saiu em primeira mão na Folha de São Paulo, sobre fraude num artigo de pesquisadores da USP num plágio de trabalho de pesquisadores da UFRJ. Diante dos fatos, que não parecem tão esporádicos, o OncoNews foi ouvir especialista na área, o pesquisador da ENSP da Fiocruz e editor há 11 anos da Revista Brasileira de Educação Médica, Sérgio Rêgo que, em recente palestra no III Fórum de Erro Médico, organizado pela pesquisadora Raquel Maia, no Instituto Nacional do Câncer, abordou o assunto.

Inseticidas na mira do câncer de mama
Uma pesquisa coordenada pelo novo membro do Programa de Oncobiologia, Sergio Koifman (da ENSP/FIOCRUZ), aponta para uma possível associação entre antecedentes de uso de pesticidas residenciais (contra baratas, mosquitos e insetos em geral) e o câncer de mama em mulheres jovens sem histórico familiar da doença.

Diagnóstico do câncer por imagem - UFRJ desenvolve kit eficaz na detecção de tumores
O Ultra-arrow, desenvolvido pelo grupo do Programa de Oncobiologia liderado pela pesquisadora Bianca Gutfilen, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ, é um radiofármaco único no país, pois permite identificar vários tipos de câncer e gera imagens que podem ser facilmente captadas por equipamentos comuns nos hospitais brasileiros - as gama câmeras. Além disso, utiliza um material que libera doses mínimas de radiação ao paciente.

Prestígio ao programa / Edital tem recordes de inscritos / Crise afeta arrecadamento do McDia Feliz
O coordenador do Programa de Oncobiologia, Dr. Marcos Moraes, receberá a medalha Ordem do Mérito José Bonifácio, no dia 02/10/2009.

O edital de pesquisa do Programa de Oncobiologia fechou ontem, dia 30/09, com recordes de inscrições. No total, foram inscritos 33 projetos.

Este ano, a Fundação do Câncer vendeu quase 14 mil tíquetes abaixo da meta para o McDia Feliz, realizado no último dia 29 de agosto. A maior parte dos tíquetes vendidos no ano passado foi comercializada para parceiros corporativos que compravam grandes quantidades para distribuir entre seus funcionários e clientes.

Boas-vindas científicas
O III Simpósio de Oncobiologia foi recheado de novidades. No primeiro dia do encontro, a diretora do IBqM, Débora Foguel, e a coordenadora do Núcleo de Ensino do Programa de Oncobiologia, Vivian Rumjanek, deram as boas-vindas aos novos membros do Programa.

Novo edital de financiamento do Programa
Estão abertas as inscrições, até o dia 30 de setembro de 2009, do novo edital Fundação do Câncer/ONCO, que oferece 15 bolsas no valor de R$ 20 mil, por dois anos. A novidade este ano é que cinco dessas bolsas serão reservadas a jovens pesquisadores (com até 10 anos de conclusão do doutorado) associados aos membros do Programa de Oncobiologia. As outras 10 bolsas são direcionadas aos titulares das linhas de pesquisa aprovadas no último processo de credenciamento.

CONFIRA AQUI O EDITAL COMPLETO

III Simpósio de Oncobiologia
No próximo mês, ocorrerá o III Simpósio de Oncobiologia, que permitirá reunir os antigos e novos membros do Programa de Oncobiologia. Além disso, os demais interessados poderão assistir palestras com diversos pesquisadores do Programa, que apresentarão vários dos principais aspectos das pesquisas em câncer do Rio de Janeiro.
CONFIRA AQUI O CARTAZ DO EVENTO!

Novidades permeiam troca científica
Nos últimos dias, todos os candidatos ao credenciamento e re-credenciamento do Programa de Oncobiologia receberam os resultados da situação de seu grupo e as sugestões da comissão Ad-hoc para eventuais associações a outros grupos de pesquisa relacionados.

Oncobiologia - Pesquisadores receberão resultado do credenciamento
A comissão Ad-hoc coordenada pelo prof Adalberto Vieyra divulgará, nos próximos dias, o resultado do credenciamento e recredenciamento no Programa de Oncobiologia. Devido ao grande número de equipes de pesquisa inscritas oriundas de diversos institutos de pesquisa, foi estabelecida uma nova modalidade. A partir desta data, foi proposta a criação de 27 grandes grupos, que juntos totalizarão 149 pesquisadores, dos quais 21 são pós-doutorandos, além de mais 48 doutorandos e 28 mestrandos, que englobam as mais diversas áreas de pesquisa em câncer.

Câncer de cólo de útero - Jovens desconhecem o HPV
Recentes pesquisas mostram que o conhecimento da população em relação ao Vírus do Papiloma Humano (HPV) é muito limitado, tanto em países desenvolvidos quanto no Brasil. Geralmente os estudos se restringem ao público feminino adulto, onde a maioria nunca ouviu falar de HPV. Soma-se a isso, uma outra pesquisa mostrou dado ainda mais preocupante: a doença tem se alastrado entre os jovens.

Metodologia promissora - Cultivo de células tridimensionais ajuda a desvendar metástase do câncer de mama
Um grupo pertencente ao Programa de Oncobiologia desenvolve uma nova metodologia para estudar a metástase do câncer de mama. A equipe do Laboratório de Biologia Celular Aplicada à Medicina, coordenado pela pesquisadora Isabel Rossi, busca entender como essas células cancerosas interagem com células de medula óssea tridimensionais – local onde ficam protegidas dos efeitos dos quimioterápicos para depois invadirem outros tecidos.

Banco de tumores aberto a consultas
Mais de 15 mil amostras de tumores estão depositadas no banco de tumores do hospital AC. Camargo, em São Paulo. E este rico acervo está aberto a qualquer pesquisador que tenha interesse em desenvolver algum tipo de investigação. “O banco de tumores do AC Camargo existe desde 1997 e a idéia foi impulsionada pela proposta do projeto genoma do câncer”, explica Dr. Fernando Soares, chefe do setor de anatomia patológica do Hospital.

American Cancer Society reúne jornalistas e cientistas
Mais de 50 jornalistas da grande mídia de todo o Brasil, médicos e cientistas envolvidos com a temática câncer estiveram reunidos na última semana no simpósio “Os 5 Mitos sobre câncer. O papel do jornalismo no enfrentamento da doença”, promovido pela American Cancer Society (ACS), em São Paulo.

Câncer de tireóide - O papel de enzimas na malignidade
Será que o aumento da atividade e expressão da enzimas tireoideanas específicas está relacionado ao câncer de tireóide? Esta é uma das perguntas que a fisiologista Luciene de Carvalho Cardoso procura responder em seu pós-doutorado, agraciada com a bolsa Pró-Onco Vivi Nabuco. A pesquisadora estuda a fisiologia da tireóide desde a iniciação científica, sob orientação da pesquisadora Denise Pires de Carvalho, do Laboratório de Fisiologia Endócrina Doris Rosenthal, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ.

Gliomas - Vias de sinalização são alvo de pesquisa
Estudo das vias de sinalização envolvidas em células de glioma humano é o desafio de Andrea Mariano de Oliveira, agraciada com a bolsa Pró-Onco Leopoldo De Meis. Nos próximos 12 meses, a pesquisadora que é orientada por Robson Queiroz Monteiro, do Laboratório de Hemóstase e Veneno, do Instituto de Bioquímica Médica, se debruçará sobre as vias de sinalização envolvidas em diferentes processos durante o desenvolvimento de gliomas.

Novo credenciamento
Até o dia 08/05/2009, estarão abertas as inscrições para o credenciamento de novos pesquisadores e/ou recredenciamento dos antigos grupos de pesquisa em câncer interessados em participar do Programa de Oncobiologia, pelos próximos dois anos.

Novo site do Programa de Oncobiologia
O Núcleo de Divulgação anuncia aos membros que o novo site do Programa de Oncobiologia já está no ar. Além do novo visual, o site está mais interativo, com uma sala de Chat (e, possivelmente em breve, um Fórum de discussões) disponível para utilização por qualquer membro do Programa, mediante notificação prévia ao Núcleo.

Programa de Oncobiologia deposita patente
De 01 a 15/03/2009

IBqM na Science
Pesquisa desvenda correlação entre proteína e câncer
De 16 a 28/02/2009


2008

Hipertensão e câncer
Estudo da UFRJ identifica esta associação em 50% de mulheres com câncer de mama
De 16 a 30/11/2008

Inca oferece curso de verão / História do câncer
De 01 a 15/11/2008

Agrotóxico e tumores / PCR em tempo real
De 15 a 31/10/2008

Financiamento dobrado
De 01 a 15/10/2008

II Simpósio de Oncobiologia
De 16 a 30/09/2008

II Simpósio Oncobiologia / Cursos em Câncer / Novo freezer no Programa / Terapia gênica para todos / Erro médico em debate
De 16 a 31/07/2008

Exposição "Saúde e medicina no Brasil e Portugal - 200 anos"
De 16 a 31/07/2008

Desintoxicação não previne câncer de colo
De 01 a 15/07/2008

Novas substâncias contra o câncer unem UFRJ e Inca / Recursos para o MoFlo
De 16 a 30/06/2008

Pegar sol previne câncer
De 01 a 15/06/2008

O Popular e Época vencem prêmio de Jornalismo em câncer
De 16 a 30/04/2008

Anêmonas otimizam quimioterápicos
De 16 a 31/03/2008

70 anos de uma vida energética
De 01 a 15/03/2008

Retrospectiva 2007: um ano de conquistas e tristeza
De 01 a 15/01/2008


2007

Festa de encerramento do ano / Equipamento para todos
De 01 a 15/12/2007

Neurônios adultos originam o câncer da retina
De 01 a 15/11/2007

Nunca aos domingos
A temática câncer na televisão brasileira
De 16 a 31/10/2007

Um brinde ao Programa
De 01 a 15/10/2007

UFRJ inaugura superequipamento / Seleção da Bolsa Vivi Nabuco / Seminário de Oncobiologia
De 16 a 30/09/2007

Engenharia da computação a serviço da Oncobiologia
De 16 a 31/08/2007

Troca científica marcou o I Simpósio de Oncobiologia
De 01 a 15/08/2007

Pesquisadores brasileiros descobrem quatro novas mutações no câncer de mama

Verdadeiros Sherlock Holmes' da pesquisa em câncer / Marcos Moraes preside a Academia Nacional de Medicina
De 16 a 31/07/2007

Regulação imunológica contra o câncer
De 01 a 15/07/2007

Programa promove I Simpósio de Oncobiologia

Pesquisadores brasileiros descobrem quatro novas mutações no câncer de mama / Ciência et al
De 01 a 15/07/2007

Teia científica / Módulos de ensino despertam grande interesse
De 01 a 15/06/2007

Utilidade de DNA lixo ganha destaque
De 16 a 31/05/2007

Marcos Moraes concorre a eleições na Academia

FAF libera recursos
De 16 a 30/04/2007

Leucemia - Alvos moleculares dão pista sobre futuros fármacos
De 01 a 15/04/2007

Da pesquisa à clínica
De 01 a 15/04/2007

Posse no ICB reúne cientistas e autoridades
De 01 a 15/03/2007

Emoção embala posses no CCS

Acerto de contas
De 16 a 28/02/2007

O panorama de uma era no ICB
De 01 a 15/02/2007

Renovação científica
De 16 a 31/01/2007

Programa lança segunda Bolsa Pró-Onco Vivi Nabuco

Cerimônia do Adeus


2006

Programa de Oncobiologia: retrato de amadurecimento
De 16 a 31/12/2006

Esclarecer para combater o uso inadequado
De 01 a 15/12/2006

Mérito científico
De 16 a 30/11/2006

Curso promove intercâmbio com pesquisadores franceses
De 01 a 15/11/2006

Credenciamento em números
De 16 a 31/10/2006

Novo vetor para terapia gênica contra o câncer - Adenovírus com dois genes reguladores do ciclo celular promete avanços na área
De 01 a 15/10/2006

Credenciamento e recredenciamento
De 16 a 31/09/2006

Na fronteira entre rotina e pesquisa de ponta
01 a 15/09/2006

Credenciamento e re-credenciamento no Programa / Terapia Gênica reúne grupos nacionais / Proteína contra melanoma
De 01 a 15/08/2006

Cerimônia reúne Programa de Oncobiologia / Curso de poluição ambiental e carcinogenese
De 16 a 31/07/2006

Um brinde à ciência: Cerimônia reúne Vivi Nabuco e membros do Programa
De 01 a 15/07/2006

Onco News Jovem / NPPN desenvolve substância anti-tumoral / Tecnologia de ponta para cirurgia oncológica
De 16 a 30/06/2006

Rio sem tabaco
01 a 15/06/2006

Competência gera esperança
De 15 a 31/05/2006

A Pesquisa sobre câncer de cérebro ganha bolsa Vivi Nabuco
De 01 a 15/05/2006

Curso de divulgação científica
De 16 a 30/04/2006

Nas ondas do rádio / Cursos de Oncobiologia / Programa recebe professora visitante / Na rota dos melanomas
De 01 a 15/04/2006

Painel ajudará tratamento de leucemias

Curso de Glicobiologia do Câncer

Bolsa Pró-Onco Vivi Nabuco / Diagnóstico molecular / Módulos de Oncobiologia
De 16 a 31/03/2006

Competência gera esperança

Diagnóstico molecular
Março de 2006

Anti-fúngico contra o câncer
Fevereiro de 2006

As múltiplas facetas da proteína MRP
Janeiro de 2006


2005

Inalação contra o câncer
Dezembro de 2005

Inteligência artificial contra o câncer
Dezembro de 2005

Novas pistas no admirável mundo celular
Setembro de 2005

Novas pistas no admirável mundo celular
Setembro de 2005

Genes e câncer: revolução de conceitos

Câncer gástrico: em busca de vilões
Agosto de 2005

Câncer de Tireóide: Avanços terapêuticos
Julho de 2005

Câncer: esperança que vem do mar
julho de 2005

Radiografia do fundo do mar
Maio de 2005

Corrente elétrica contra células tumorais
Abril de 2005

Descoberta sobre o cérebro pode ajudar na identificação precoce de tumores
Março de 2005


2004

Câncer de pulmão
Dezembro de 2004

Presidente da Sociedade Mundial de Cirurgia Oncologica é brasileiro
Setembro de 2004

Molécula de árvore contra leucemia
Julho de 2004

Carrapato no tratamento de câncer? - UFRJ, Uerj e NIH na busca de agentes anticoagulantes para o combate ao câncer
Julho de 2004

Carrapato no tratamento de câncer? - UFRJ, Uerj e NIH na busca de agentes anticoagulantes para o combate ao câncer
Julho de 2004


2003

Substância de planta é capaz de matar tumores
Outubro de 2003

design manuela roitman | programação e implementação corbata